Tag: Enem

Quer descobrir tudo sobre o Enem? Venha conferir este guia da EAD URCAMP! 

Não é nenhuma novidade que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é a maior prova do Brasil, sendo o principal meio de ingresso ao ensino superior. 

O exame acontece anualmente, avaliando os conhecimentos dos participantes nas áreas de humanas, exatas, biológicas e linguagens. 

Apesar de ser uma prova muito conhecida e amplamente difundida no Brasil, existem diversas especificidades sobre seu funcionamentos que deixam dúvidas em muitos participantes. 

Matérias que caem, quem pode fazer, como se inscrever, horário das provas e como funciona a nota são algumas das questões que afetam os participantes.

Pensando nisso, a EAD URCAMP preparou este artigo exclusivo para esclarecer as principais dúvidas sobre o exame. 

Fique conosco e descubra tudo sobre o Enem!

Você vai conferir:

Qual a importância do Enem
As matérias que mais caem no Enem
Calendário do Enem 2022
Quem pode fazer o Enem
Como se inscrever no Enem
Como é aplicada a prova do Enem
Como funciona o Enem Digital
Quais os horários de prova do Enem
O que eu posso levar no dia da prova do Enem
O que eu não posso levar no dia da prova do Enem
Como é feita a correção da redação do Enem
Como ver a nota do Enem
Como entrar na universidade com a nota do Enem

Descubra os segredos para tirar nota 1000 na redação do ENEM!

Qual a importância do Enem 

Na atualidade, o Enem é a principal porta de entrada para o ensino superior.

Ou seja, se você deseja cursar uma graduação, seja EAD ou presencial, é muito importante ter feito a versão mais recente do Enem.

Afinal, é por meio dele que os estudantes podem participar dos programas criados pelo Governo Federal para acesso ao ensino superior, como o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Sisu (Sisu).

A história do Enem 

O Enem foi criado em 1998. Na época, o principal objetivo do exame era avaliar anualmente o aprendizado dos alunos do ensino médio em todo o país.

Através dos resultados do exame, o Ministério da Educação passou a elaborar políticas pontuais e estruturais de melhoria do ensino brasileiro.

O Enem foi a primeira iniciativa de avaliação geral do sistema de ensino implantado no Brasil.

O primeiro modelo de prova do Enem, utilizado entre 1998 e 2008, tinha 63 questões aplicadas em um dia de prova.

A prova passou a servir para ingresso em cursos superiores apenas em 2004, com a criação do Prouni e, mais tarde em janeiro de 2010, do Sisu.

As matérias que mais caem no Enem 

Na Matriz Referência do Enem, documento elaborado pelo Ministério da Educação (MEC), é possível conferir todos os assuntos e competências exigidos pelo exame. 

A grande maioria dos assuntos abordam os conteúdos estudados durante o ensino médio. 

Abaixo, apresentamos um breve levantamento das matérias e conteúdos normalmente abordados em cada área de conhecimento do Enem: 

Ciências Humanas e suas Tecnologias

As questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias abordam os conhecimentos de história, geografia, sociologia e filosofia. Abaixo, listamos os principais conteúdos:

  • Período colonial e escravidão no Brasil
  • Era Vargas
  • Ditadura Militar no Brasil
  • Revolução Industrial
  • Primeira e Segunda Guerra Mundial
  • Nazismo e Fascismo 
  • Guerra Fria 
  • Urbanização
  • Globalização
  • Meio Ambiente
  • Migrações
  • Cartografia
  • Desenvolvimento humano e social 
  • Geopolítica 
  • Relações de trabalho
  • Movimentos Sociais
  • Pensadores da Grécia Antiga 
  • Correntes sociológicas e filosóficas antigas e contemporâneas

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

As questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias abordam conhecimentos relacionados com língua portuguesa, literatura, educação física, artes e língua estrangeira. 

Abaixo, listamos os principais conteúdos:

  • Interpretação de texto
  • Gramática
  • Estruturas textuais 
  • Movimentos literários
  • Esportes e cuidados com o corpo
  • Modernismo
  • Vanguardas europeias 
  • Vocabulário
  • Conjugação verbal 

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, os estudantes encontrarão perguntas sobre biologia, química e física.

Abaixo, listamos os principais conteúdos:

  • Ecologia e sustentabilidade
  • Ecossistema
  • Sistema Imunológico
  • Genética, DNA e RNA
  • Estequiometria
  • Ligações químicas e polaridade
  • Reações orgânicas e inorgânicas
  • Eletroquímica
  • Radioatividade
  • Cadeias Carbônicas 
  • Energia, trabalho e potência
  • Ondas
  • Mecânica
  • Acústica
  • Calorimetria
  • Resistores 

Matemática e suas Tecnologias

Diferente das outras áreas, que abordam mais de uma disciplina, essa prova é voltada exclusivamente para matemática. 

Além do domínio dos cálculos, a prova exige muita interpretação das questões e raciocínio lógico. Abaixo, listamos os principais conteúdos:

  • Equações e funções de 1° e 2° grau
  • Porcentagem
  • Matemática financeira
  • Razões e proporções
  • Noções de estatística
  • Circunferências
  • Leitura e interpretação de gráficos 

Calendário do Enem 2022 

Confira o calendário do Enem 2022:

  • Inscrições: entre 10 e 21 de maio de 2022
  • Prazo para o pagamento da taxa de inscrição: até dia 27 de maio de 2022
  • Datas de aplicação do Enem: dias 13 e 20 de novembro de 2022
  • Divulgação das notas: ainda não divulgado
tudo sobre o enem - como se inscrever

 

Quem pode fazer o Enem 

Por mais que o Enem seja uma prova de avaliação do ensino médio, não são apenas os estudantes que estão cursando-o que podem fazer o exame. 

O Enem não tem limite de idade, qualquer pessoa pode participar.

Basta se inscrever, pagar a taxa (caso não seja isento) e comparecer ao local indicado no dia da prova.

Idosos, gestantes e pessoas com deficiência também podem fazer o Enem normalmente e solicitar atendimento especial, caso necessitem.

Ao contrário do que alguns podem pensar, o Enem não é obrigatório.

Dessa forma, faz a prova quem quer aumentar suas chances de ingressar no ensino superior. 

Como se inscrever no Enem 

A inscrição no Enem deve ser feita por meio da Página do Participante.

Normalmente, as inscrições para participar do exame acontecem entre os meses de junho e julho. Confira o passo de como se inscrever:

  1. Acesse a Página do Participante;
  1. Insira seus dados pessoais: serão solicitadas informações como o número do CPF, data de nascimento do participante, número da identidade e endereço;
  1. Senha: o próximo passo é criar uma senha de, no mínimo, seis, e, no máximo, dez caracteres. 
  1. Atendimento especial: nessa etapa, o candidato deve informar se necessita de atendimento especializado para fazer a prova;
  1. Seleção da língua estrangeira e cidade: os candidatos devem selecionar um idioma Enem inglês ou Enem espanhol para responder a prova de língua estrangeira. É nessa etapa que o estudante seleciona também a cidade onde deseja realizar o exame. 
  1. Ensino Médio: nessa parte, os participantes respondem informações relacionadas à sua situação no ensino médio;
  1. Formulário socioeconômico: o próximo passo é responder a um questionário socioeconômico com questões sobre renda e grupo familiar;’
  1. Finalizar inscrição Enem: ao finalizar a inscrição, o candidato deve imprimir o boleto e realizar o pagamento  da taxa de inscrição até a data de vencimento que está especificada no documento. Caso o candidato não pague a taxa, a inscrição será cancelada.

Como pedir isenção na inscrição do Enem 

Para se inscrever no Enem, é preciso pagar uma taxa de inscrição.

O valor pode variar a cada ano, sendo preciso consultar o Edital do Enem para ter certeza da quantia. 

Em 2022, os estudantes pagaram R$ 85,00 de taxa de inscrição, quantia referente aos custos de produção, impressão e aplicação da prova. 

Mas você sabia que é possível obter a isenção da taxa de inscrição do Enem?

Para isso, o inscrito deve atender a alguns critérios, veja se você se enquadra em algum deles:

  • Isenção automática: destinada aos estudantes de escolas públicas que vão concluir o ensino médio.
  • Isenção por lei: destinada aos estudantes que integrem famílias com renda por pessoa igual ou menor que um salário mínimo e para aqueles que tenham cursado todo o ensino médio com bolsa integral em escola privada.
  • Isenção por Decreto: se você integra uma família com renda por pessoa de até meio salário mínimo, inscrita no Cadastro Único do governo federal, sua isenção também é garantida.

Como é aplicada a prova do Enem 

A prova é dividida em quatro grandes áreas de conhecimento  — Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. 

São 45 questões para cada área de conhecimento, totalizando 180 perguntas objetivas.

Além de responder às questões objetivas, os estudantes também devem escrever uma redação, seguindo o modelo de texto dissertativo-argumentativo.

O tema da redação é conhecido apenas no momento da prova. 

Na atualidade, as provas são aplicadas em dois domingos consecutivos. Confira abaixo a organização das provas por dia:

1° domingo:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (45 questões)
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (45 questões)
  • Redação

2° domingo:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias (45 questões)
  • Matemática e suas Tecnologias (45 questões)

Quanto tempo tenho para fazer a prova? 

No primeiro domingo de aplicação de provas, os estudantes têm 5h30 para realizar as provas. Já no segundo o tempo é de 5h.

Onde consultar as provas anteriores do Enem para estudar

No portal do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), é possível conferir todas as provas das edições passadas do Enem, com questões e gabarito. Confira aqui!

Como funciona o Enem Digital 

Desde 2020, aconteceu o Enem Digital, modelo de aplicação de provas em que o estudante realiza o exame de forma online, diretamente de um computador.

Assim como na versão impressa, o candidato que realizará a prova digital deve comparecer às instituições selecionadas pelo Inep.

Ou seja, a prova não acontece em casa, como muitos podem pensar. 

Os locais de prova do Enem Digital são divulgados previamente na Página do Participante, assim como a versão impressa. 

Nesses locais, as provas são disponibilizadas nos computadores através de um sistema próprio, não sendo possível acessar outros sites. 

No Enem Digital, a única parte da prova que é feita à mão é a redação.

Dessa forma, é imprescindível que os candidatos levem caneta esferográfica transparente de tinta preta.

Além da redação, os participantes também ganham folhas de rascunho para fazer os cálculos e anotações sobre as questões das provas.

A versão impressa e digital do Enem são aplicadas simultaneamente e as questões também são as mesmas. 

Só poderão realizar o Enem Digital os participantes que optaram no momento da inscrição pela versão virtual do exame. 

Quais os horários de prova do Enem

Confira os horários do Enem 2022:

13 de novembro:

  • 12h00: Abertura dos portões;
  • 13h00: Fechamento dos portões;
  • 13h00 às 13h30: Realização dos procedimentos de segurança durante a prova;
  • 13h30: Início das provas do Enem;
  • 18h30: Término das provas no primeiro dia do Enem 2022;

20 de novembro:

  • 12h00: Abertura dos portões;
  • 13h00: Fechamento dos portões;
  • 13h00 às 13h30: Realização dos procedimentos de segurança durante a prova;
  • 13h30: Início das provas do Enem;
  • 19h00: Término das provas no segundo dia do Enem 2022;

Como saber o meu local de prova do Enem 

Para conferir o local de prova, os participantes inscritos no exame devem acessar a Página do Participante para descobrir o endereço da instituição onde as provas serão aplicadas.

descubra tudo sobre o enem - como se inescrever, bolsas, etc

O que eu posso levar no dia da prova do Enem

Existem alguns itens que o candidato precisa levar no dia da prova e outros que são opcionais. Confira:

  • Caneta esferográfica preta com tubo transparente (obrigatório);
  • Documento de identificação oficial com foto (obrigatório);
  • Lanche energético para a prova (opcional);
  • Garrafa de água transparente e sem rótulo (opcional).

O que eu não posso levar no dia da prova do Enem 

Confira os itens que os candidatos não devem levar no dia prova

  • Caneta de outra cor que não seja preta ou com tubo não transparente;
  • Relógio de qualquer tipo;
  • Lápis, borracha, lapiseira, corretivo e afins;
  • Armas de qualquer tipo;
  • Toucas, bonés ou outro acessório que cubra a cabeça ou o rosto;
  • Óculos escuros;
  • Celulares, tablets, calculadoras e outros aparelhos eletrônicos;
  • Livros, apostilas e qualquer outro conteúdo, impresso ou não.

Como é feita a correção da redação do Enem

A redação do Enem é corrigida por uma banca examinadora composta por dois professores especializados.  

Esses corretores atribuem nota de 0 a 200 para cada um dos requisitos avaliados:

  • Domínio da língua portuguesa
  • Compreensão do tema proposto
  • Apresentação de argumento estruturado e boa interpretação de texto
  • Desenvolvimento de raciocínio lógico
  • Apresentação de proposta de intervenção.

A nota final da redação é composta pela soma de cada uma dessas competências, variando de 0 a 1000.

Como ver a nota do Enem

O resultado do Enem, com a nota final e o desempenho por áreas do conhecimento, pode ser conferido na Página do Participante.

Como calcular a nota do Enem 

O cálculo do Enem é baseado na Teoria de Resposta ao Item (TRI), que leva em conta não só o número de acertos do candidato nas quatro provas, mas a consistência das respostas, de acordo com o nível de dificuldade das questões.

Essa metodologia avalia a possibilidade de chute no exame. 

Se um candidato costuma responder corretamente só as questões mais fáceis e acerta uma difícil, por exemplo, há indícios de que ele possa ter chutado. 

A partir da TRI, portanto, são atribuídas as notas para cada prova. 

As universidades e os programas do governo, como Prouni, FIES e Sisu, utilizam a média das notas para aprovar os candidatos nos processos de seleção.

No entanto, essa média pode ser simples ou por peso, dependendo do critério utilizado pela instituição de ensino superior.

Descubra a seguir como calcular cada uma delas.

  • Média simples

Para chegar na média simples, você precisa somar as notas das quatro provas (Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Códigos e Matemática) e da redação, e dividir o total por cinco.

  • Média por pesos

Já para calcular a média por pesos, é necessário, primeiro, descobrir o peso atribuído pela instituição de ensino para cada nota. 

Vamos supor que o peso da prova de Matemática é equivalente a 3. Nesse caso, você deve multiplicar a sua nota por 3. 

A regra é a mesma para as outras provas: consultar o peso e multiplicar. 

Para obter a nota final, basta somar tudo e dividir por cinco.

Como entrar na universidade com a nota do Enem 

Para tentar vagas em instituições públicas de ensino superior, os estudantes devem se inscrever no Sisu (Sistema de Seleção Unificada). 

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação, no qual essas instituições oferecem vagas para candidatos participantes do Enem.

De acordo com suas notas no exame, os estudantes são classificados e aqueles que tiverem o melhor desempenho são selecionados. 

Já para aqueles que desejam concorrer a bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior, o Prouni (Programa Universidade para Todos) é a melhor opção.

O programa foi criado com o objetivo de conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de universidades privadas. 

O Prouni utiliza a nota do Enem e critérios socioeconômicos para a seleção.

Para os estudantes que buscam financiamento estudantil, existe ainda o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), que concede financiamento sem juros ou com juros baixos em faculdades particulares.

Além dos programas federais, diversas instituições de ensino superior também possuem programas internos relacionados ao Enem. 

Muitas faculdades privadas, por exemplo, oferecem descontos na mensalidade de acordo com a nota no Enem.

Bolsas de estudo com a nota do Enem 

Você sabia que no EAD Urcamp é possível ganhar descontos com sua nota do Enem?

No EAD Urcamp, aqueles que fizerem o Enem a partir de 2010 podem ganhar bolsa de até 100% no primeiro semestre e a partir do segundo semestre, a bolsa é de 20% no curso todo.

Quanto maior a sua nota, maior o seu desconto. E o melhor: não precisa fazer vestibular! Confira aqui mais informações!

Leia também:

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Inscreva-se no nosso Blog

Nova call to action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT