<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2736481836612313&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Você já pensou em ser professor? Muitas pessoas descobrem que sentiriam prazer em lecionar, depois de já ter concluído o ensino superior. Se este é seu caso, o curso de Formação Pedagógica é a solução. Você já ouviu falar?

Com este curso, você se especializa na arte de ensinar outras pessoas, em especial estudantes do ensino fundamental, médio, profissional e educação de jovens e adultos. É uma graduação valiosa para quem deseja habilitação para dar aulas, e traz grandes benefícios e facilidades para quem opta por investir nela.

O professor é a pessoa que nos ensina desde pequenos a superar nossas dificuldades, lutar, vencer, fazer sempre o melhor, evoluir e crescer… Mas, mais do que isso, ele tem a capacidade de nos fazer ir além. Seja em habilidades e matérias específicas ou de uma forma geral como pessoas.

Com paciência e força de vontade, eles nos ensinam tudo o que aprenderam e nos fazem acreditar que somos sempre capazes de tudo. Isso é o que inspira muitas pessoas a escolherem como profissão a licenciatura. 

Mas o que se aprende durante a Formação Pedagógica? É possível ser professor já com outra graduação? Como se capacitar e qual área escolher? Vamos responder a todas essas perguntas. Boa leitura! 

O que é formação pedagógica? 

Formação pedagógica é o nome dado ao curso que habilita o profissional a ser um professor de qualquer área ou modalidade de ensino das quatro séries finais do ensino fundamental, ensino médio e educação profissional em nível médio. 

Na formação pedagógica, o estudante aprenderá sobre a base da metodologia de ensino e sairá preparado para a sala de aula com todo o conhecimento sobre metodologias, psicologias e formas de ensino.

Além de habilitar o aluno à licenciatura, o curso de Formação Pedagógica também irá prepará-lo para outras rotinas pedagógicas. O formado poderá atuar também na coordenação, na supervisão e no desenvolvimento de projetos voltados para a educação.

Esse curso surgiu após o Decreto Governamental nº 8752, que abriu novos caminhos para a formação profissional para professores. Esse decreto também veio da carência de profissionais qualificados para a área de ensino. 

No atual mercado educacional há grande busca de profissionais qualificados no magistério, principalmente nas séries finais do ensino fundamental e no ensino médio. Dessa forma, a formação pedagógica se torna uma grande oportunidade para que graduados em diferentes áreas possam ficar prontos para trabalhar com os novos cenários educacionais.

O Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores. E, mesmo com esse número, ainda há uma busca altíssima por professores qualificados em todas as áreas e etapas do ensino. Afinal, em um país com mais de 210 milhões de habitantes, ainda há a falta de profissionais de ensino para atender a todos.

Por isso, a profissão de educador é vista como uma das mais importantes na organização de uma sociedade. E a importância de um professor vem justamente pela responsabilidade que ele carrega em nos guiar pelos caminhos do conhecimento.

Todos os profissionais da nossa sociedade, desde médicos, advogados, engenheiros, filósofos, cientistas e mesmo os próprios professores, todos eles passaram por uma gama gigante de professores talentosos e que lapidaram suas melhores habilidades!

ivan-aleksic-PDRFeeDniCk-unsplash

O curso de Formação Pedagógica

Dentre as habilidades e competências que o aluno aprenderá na formação pedagógica, podemos citar: comunicação, didática, LIBRAS, gestão da educação, psicologia da educação, cenários da docência, entre outras matérias de suma importância para os profissionais dessa área.

Dessa forma, toda rotina de ensino, as estratégias pedagógicas e habilidades psicológicas e didáticas do professor serão desenvolvidas principalmente neste curso. Por isso, essa formação é de extrema importância para todos que desejam ingressar na vida pedagógica, e ensinar desde os mais pequenos até os mais experientes.

O aluno formado nesta área poderá trabalhar dentro da área educacional, mas também cultural. O profissional terá competências para desenvolver projetos educativos e programas de inclusão social, na área da coordenação, supervisão, direção, em órgãos governamentais e não governamentais, públicos ou privados.

 

Quem deve fazer formação pedagógica? 

A formação pedagógica é voltada para quem busca trabalhar com educação, e mesmo para quem já está neste mercado de trabalho, mas procura por uma formação mais específica e que prepare-o melhor para os desafios diários da profissão.

A Formação Pedagógica é dividida em áreas, conforme explicaremos nas próximas linhas, e a escolha dependem tanto das suas aspirações, quando da sua formação superior anterior. Assim, é possível fazer a Formação Pedagógica aproveitando a área em que você já atua, ou buscando novos conhecimentos. 

Por exemplo, é possível ser formado em Comunicação e cursar Formação Pedagógica em Letras para dar aulas de língua portuguesa. Ou ainda, ser formado em Física e fazer o curso na área da Matemática para estar apto a dar aulas nessa disciplina também. 

Essa formação vai te ajudar a entender a dinâmica educacional do ensino. Você vai aprender, na teoria, como ser um profissional da educação completo. Esse curso também vai dar um panorama da utilização de conceitos teóricos de educação na prática, além de passar por áreas de psicologia de ensino, e outros temas de extrema importância.

Portanto, esse curso é feito para formar professores, educadores, futuros mestres do ensino, coordenadores, supervisores, diretores, entre outras profissões relacionadas à educação. O aluno sairá com toda bagagem necessária para entrar na área de ensino.

E como é voltado para a área da educação e do mercado de trabalho, esse curso também pode servir para quem já está atuando e deseja maior conhecimento e atualização. Com formato simplificado, ele é oferecido na modalidade EAD, fornecendo maior praticidade e liberdade na hora de estudar.

Dessa forma, estudando a distância, o aluno da Formação Pedagógica já aplica em sala de aula o que está aprendendo durante o curso, ganhando mais experiência em atuação e preparo para os próximos desafios da profissão. 

 

O que é formação pedagógica para não licenciados?

A formação pedagógica para não licenciados é o curso voltado para quem já é formado em alguma outra modalidade, como bacharelado e cursos de tecnologia, e deseja ingressar na área de ensino.

Por exemplo, se você é um Bacharelado em Química, ainda não é habilitado a dar aulas. Com a formação pedagógica para não licenciados, você conclui as matérias faltantes para poder ter sua habilitação para trabalhar como um professor.

A grade curricular terá diversas disciplinas que você teria se fizesse a licenciatura em Química. Os aspectos que você irá aprender são bastante técnicos e teóricos sobre metodologias de ensino, práticas de ensino, psicologia, aprendizagem, todos os temas e habilidades necessários para desenvolver seus próprios métodos de ensino.

Você deve estar se perguntando: não é melhor fazer a licenciatura na minha área, então? A vantagem da formação pedagógica é que ela tem duração de 1, no máximo 2 anos. Já a licenciatura pode demorar mais, você pode ter dificuldade para aproveitar matérias, entre outras questões. 

 Outro ponto é que é possível estudar a distância, uma facilidade ainda maior para quem busca atualização e para quem já trabalha na área. Dessa forma, será mais fácil aplicar o conhecimento adquirido, além de ter a liberdade de estudar quando puder.

Após finalizar o curso de Formação Pedagógica para não licenciados, o aluno terá habilitação para atuar nos quatro últimos anos do ensino fundamental, no ensino médio e na educação profissional em nível médio, nos diferentes sistemas de ensino. Ele receberá um diploma obtendo o grau de licenciado no curso realizado.

Portanto, essa é a melhor escolha para quem já possui uma formação inicial, mas não tem habilitação para aulas. Além de se atualizar com a formação pedagógica, o aluno também irá sair preparado para a docência, pronto para deixar sua marca no ensino brasileiro.

taylor-wilcox-4nKOEAQaTgA-unsplash

Formação pedagógica ou segunda licenciatura? 

A formação pedagógica é um curso feito pensando em quem já possui outros tipos de graduação, como bacharelado e curso tecnológicos, e desejam ter habilitação para dar aulas. Por isso, ele é voltado a educar o aluno a desenvolver habilidades de ensino que geralmente não são ensinadas nesses cursos mais específicos.

Já a segunda licenciatura é voltada para quem já possui uma licenciatura em uma área, e deseja ter essa habilitação em outra área. Dessa forma, a segunda licenciatura fornece uma segunda opção para quem já tem inicialmente a habilitação para dar aulas.

A segunda licenciatura é uma modalidade muito buscada por pessoas que desejam trocar de área de ensino, trabalhar as duas áreas paralelamente ou alternando as duas ao mesmo tempo. Para quem trabalha com projetos que precisam de licenciaturas diversas também é uma boa opção.

  Ambos os cursos possuem curta duração. Por isso, você pode fazer os dois em sequência caso deseje atuar em mais de uma área de ensino, ou caso o seu curso bacharel englobe duas ou mais áreas diversas.

  Por exemplo, alguém que é formado em Engenharia pode ter competências de Matemática, Física, Química, entre outros. E pode, portanto, optar por mais de uma licenciatura em áreas diferentes para lecionar em mais de uma matéria.

Esses cursos possuem grande flexibilidade, e todos eles podem ser feitos na modalidade a distância. Isso aumenta ainda mais a chance de você poder entrar em mais de um curso ao mesmo tempo. É possível fazer os seus próprios horários de estudo, cursando em paralelo com seu trabalho.

Sendo assim, não há limites para as áreas do ensino que você pode atuar, podendo escolher de acordo com os seus objetivos de ensino. 

 

Quais são os tipos de formação pedagógica?

Algumas áreas específicas possuem cursos dedicados de formação pedagógica, diretamente ligados à necessidade do mercado crescente desses profissionais. Por isso, os cursos se adaptam à essas necessidades, ampliando o leque de conhecimento e especializando o professor. Dessa forma, você consegue ser mais assertivo se deseja se especializar na área da educação.

Os tipos de formação pedagógica feitos para atender a necessidade do mercado são:

Formação pedagógica em Letras

A Formação Pedagógica em Letras é um curso voltado para a formação de professores da área de português, redação, linguagens, e outras matérias dentro desse escopo.

O formando desse curso poderá atuar em diversos segmentos da educação básica, saindo dessa formação com domínio das normas da língua portuguesa e das teorias linguísticas e literárias e capaz de exercitar a compreensão da linguagem, seja ela verbal ou não verbal. Dessa forma, a linguagem passa a ser compreendida como um componente fundamental nas relações sociais.

Além disso, a atuação pode ir além da sala de aula. O aluno deste curso poderá ser desde pesquisador, crítico literário, revisor, assessor cultural, entre muitas outras atividades relacionadas à cultura e educação.

Formação pedagógica em pedagogia 

A formação pedagógica em pedagogia é um curso feito para capacitar o aluno a atuar nas quatro últimas séries do ensino fundamental, no ensino médio e na educação profissional. Esse curso é bastante escolhido por quem já possui outras formações, como bacharelados e cursos tecnológicos, e gostaria de habilitação para lecionar.

Também é ideal para aprimorar os estudos dos profissionais que já possuem carreira na área educacional, buscando se diferenciar, se qualificar e se atualizar cada vez mais.

Outros tipos de formação pedagógica 

Seguindo o mesmo padrão da formação pedagógica em Letras, esse curso também está disponível para outras áreas. São elas: Matemática, Artes Visuais, Ciências Biológicas, Geografia, Sociologia, História e Informática. 

Essas formações pedagógicas possuem maior especificidade nessas áreas, e complementam a formação de quem já possui bacharelado e cursos tecnológicos.

Essa diversificação também é um ponto positivo no mercado, pois, cada dia mais há a procura por professores com conhecimentos técnicos e específicos de cada área, principalmente para os últimos anos do ensino fundamental e para o ensino médio. 

Está preparado para entrar de vez na área de ensino? Agora você já sabe quais os tipos de formação pedagógica, qual a grade curricular e quais são os requisitos. Basta investir na sua, se tornar um professor exímio e inspirar todos os seus alunos!

O mercado tem necessidade crescente de profissionais qualificados na área pedagógica. Por isso, os cursos de formação pedagógica são cada vez mais diversificados e separados por área específica. Você pode escolher também uma formação pedagógica para não licenciados, caso possua um diploma de bacharel ou tecnologia.

As facilidades desse curso são a sua curta duração e a possibilidade de estudar a distância. Dessa forma, você se prepara de forma rápida, sem perder a qualidade no ensino e tem a liberdade de fazer seus próprios horários. Além disso, você pode também já começar o curso aplicando os ensinamentos na prática caso atue na área!

Quer ingressar na área de ensino com conhecimento técnico, de qualidade e com suporte durante todo o curso? Conheça o curso de formação pedagógica da URCAMP na área de Pedagogia

Aqui você estuda com corpo docente capacitado e uma grade curricular completa, em que teoria e prática andam lado a lado. A Urcamp é a primeira instituição da região da Campanha com a maior nota (5) pela avaliação do MEC.

 

Inscreva-se no nosso Blog

blog ead urcamp

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT